Edifício

Edifício Ramazzotti

Com a sua reconstrução, o Edifício Ramazzotti, projectado pelo atelier Axonométrica Arquitectura, assumiu-se como uma das referências arquitectónicas do Concelho de Oeiras. Pelo seu valor arquitectónico foi considerada da maior importância pelo Município e, nesse sentido o projecto do Edifício Ramazzotti foi distinguido com uma menção honrosa na categoria de "Edifícios Novos" no âmbito da entrega do Prémio Municipal de Arquitectura Conde de Oeiras.

Em 2006, este edifício foi convertido num office center, maioritariamente arrendado a empresas nacionais e internacionais, nas mais diversas áreas de atividade.

Com uma arquitetura contemporânea, caracteriza-se por acabamentos com materiais de excelência. O exterior do edifício é fortemente marcada pela horizontalidade das linhas arquitetónicas, quebradas pelo ritmo das grandes janelas proporcionando, ao interior, grande luminosidade e um ambiente amplamente iluminado por luz natural. Toda a volumetria do edifício, caracterizada pela extrema elegância, assume-se como um ponto de referência em Carnaxide e, em especial, na Avenida do Forte.

Encontra-se equipado com as mais modernas tecnologias, sendo dos poucos na área de Lisboa com uma área por piso de 3.300m² e com os armazéns associados aos escritórios se o inquilino assim o entender.

Disponibiliza diversos serviços aos seus clientes, nomeadamente: segurança 24H, parque de estacionamento interior e exterior, restaurante, cafetaria, sala de reuniões, sala de formações, moradas virtuais de escritório e espaços para promoção de eventos ou apresentação de produtos.